INTERFACE DA FORMAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS LICENCIATURA E SAÚDE COLETIVA MEDIADA PELA EaD

Autores

  • Luciana Alves de Oliveira Universidade Federal de Goiás
  • Ângela Cardoso Bastos Universidade Federal de Goiás
  • Cristiane Lopes Simão Lemos Universidade Federal de Goiás http://orcid.org/0000-0002-1414-8503

DOI:

https://doi.org/10.53628/emrede.v4.1.157

Palavras-chave:

Formação em Ciências Biológicas, Saúde Coletiva, Ensino a Distância, Ensino Saúde Coletiva.

Resumo

O objetivo deste artigo foi refletir sobre a importância da implementação da Saúde Coletiva nas matrizes curriculares dos cursos de licenciatura em Ciências Biológicas e a necessidade de discutir os conhecimentos da área de saúde considerando o enfoque da determinação social do processo saúde/doença. Apresentamos a experiência vivenciada na disciplina de Saúde Coletiva realizada em um Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas  EaD  que apresentou conteúdos sobre as bases e fundamentos do Sistema Único de Saúde, articulando as interfaces entre a escola e a saúde na promoção da qualidade de vida dos brasileiros. A formação e o aprimoramento de futuros professores por meio da EaD proporcionam sensibilização para a transformação local e emancipação social.

Biografia do Autor

Luciana Alves de Oliveira, Universidade Federal de Goiás

Departamento de Histologia do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Goiás

Coordenação da Graduação de Licenciatura em Ciências Biológicas Ensino à Distância do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Goiás

Ângela Cardoso Bastos, Universidade Federal de Goiás

Coordenação da Graduação de Licenciatura em Ciências Biológicas Ensino à Distância do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Goiás

 

Cristiane Lopes Simão Lemos, Universidade Federal de Goiás

Departamento de Histologia do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Goiás

Coordenação da Graduação de Licenciatura em Ciências Biológicas Ensino à Distância do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Goiás

Referências

BRASIL. Ministério da Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Ciências Biológicas. Parecer CNE/CES n. 1.301/2001. Diário Oficial da União de 7/12/2001, Brasília, DF, 2001. Seção 1, p. 25.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: meio ambiente e saúde. Brasília, DF: MEC/SEF, 1997.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Saúde na escola. Brasília, DF: Ministério da Saúde, 2009.

BIKOSKI, G.F.; LADELFO, J.; SCHMITZ, P.D. Diálogos e reflexões éticas sobre DST’s, sexo, sexualidade e gênero no ensino médio: uma oficina didática calcada em temas transversais. ScientiaTec: Revista de Educação, Ciência e Tecnologia do IFRS, v.3, n.2, p.139-152, 2016.

BORGES, R.M.R.; LIMA, V.M.R. Tendências contemporâneas do ensino de Biologia no Brasil. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias, v.6, n.1, p. 165-175, 2007.

BRASIL. Decreto n. 5.622, de 19 de dezembro de 2005. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2005/Decreto/D5622.htm>. Acesso em: 17 fev. 2017.

GADOTTI,M. Perspectivas atuais da educação. São Paulo em Perspectiva, v.14, n2, p.3-11, 2000.

GIOLO, J. A educação à distância e a formação de professores. Educ. Soc., v. 29, n. 105, p. 1211-1234, 2008.

KOVALSKI, M.L.; OBARA, A.T. O estudo da etnobotânica das plantas medicinais na escola. Ciênc. Educ., v.19, n.4, p.911-927, 2013.

KRUPEK, R.A.; DEON, G.A.; FROELICH, A. “Queimada da cadeia alimentar”: uma proposta interdisciplinar na área de ciências para o ensino fundamental. Revista Educação e Linguagens, v. 5, n. 9, 2016.

LANES, K.G. et al. O Ensino de Ciências e os Temas Transversais: sugestões de eixos temáticos para práticas pedagógicas no contexto escolar. Contexto & Educação, n.92,p. 21-51, 2014.

LEMOS, C.L.S. Plataforma moodle. Saúde Coletiva, 2014. Disponível em: < http://moodle.icb.ufg.br/login/index.php>. Acesso em: 17 fev. 2017.

LEMOS, C.L.S. Saúde Coletiva no Ensino de Ciências Biológicas. In: LEMOS, C.L.S (org.) Licenciatura em Ciências Biológicas. v.9. Goiânia: Gráfica UFG, 2016 a.

LEMOS, C.L.S. A saúde no espaço escolar. In: LEMOS, C.L.S (org.) Licenciatura em Ciências Biológicas. v.9. Goiânia: Gráfica UFG, 2016b.

KRASILCHIK, M. Prática de Ensino de Biologia. 6. ed. São Paulo: Edusp,

LONGHINI, M.D. O conhecimento do conteúdo científico e a formação do professor das séries iniciais do ensino fundamental. Investigações em Ensino de Ciências. v. 13, n.2, p.241-253, 2008.

MAIA, C. et al. Análise comparativa de concepção sobre ecossistema manguezal entre alunos de ensino médio de escolas privada e pública na Amazônia, Brasil. Pesquisa em Foco, v.21, n.2, p.61-74, 2016.

MARINHO, J.C.B.; SILVA, J.A.; FERREIRA, M. A educação em saúde como proposta transversal: analisando os Parâmetros Curriculares Nacionais e algumas concepções docentes. História, Ciências, Saúde, v.20, n.2, p.653-673, 2013.

MARTINS, L.; SANTOS, G.S.; EL-HANI, C.N. Abordagens de saúde em um livro didático de biologia largamente utilizado no ensino médio brasileiro. Investigações em Ensino de Ciências, v.17, n.1, p. 249-283, 2012.

MONROE, N.B. et al. O tema transversal saúde e o ensino de ciências: representações sociais de professores sobre as parasitoses intestinais. Investigações em Ensino de Ciências, v.18, n.1, p. 7-22, 2013.

MORAN, J.M. Aperfeiçoando os modelos de EAD existentes na formação de professores. Educação, v. 32, n. 3, p. 286-290, 2009.

ROCHA, A.L.F.; SLONSKI, G.T. Um olhar para os transgênicos nas áreas de pesquisa em ensino de ciências E educação ambiental: contribuições para a formação de professores. Investigações em Ensino de Ciências, v.21, n.3, p. 74-91, 2016.

SCHWARTZMAN, U.P.; BATISTA, K.T.; ALVES, E.D. Os saberes (des)complicados para educação à distância em saúde. Com. Ciências Saúde, v.20, n.3, p.265-270, 2009.

SILVA, A.N. et al. Limites e possibilidades do ensino à distância (EaD) na educação permanente em saúde: revisão integrativa. Ciência & Saúde Coletiva, v.20, n.4, p.1099-1107, 2015.

SOUZA; P.H.R.; ROCHA, M.B. Caracterização dos textos de divulgação científica inseridos em Livros didáticos de biologia. Investigações em Ensino de Ciências, v.20, n.2, p. 126-137, 2015.

SUS - Sistema Único de Saúde. Direção: Flávio Gomes. Produção: Cristiane Lopes Simão Lemes; Flávio Gomes. Goiânia: Centro Integrado de Aprendizagem em Rede da Universidade Federal de Goiás (CIAR/UFG), 2014. 04’06’’. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=_GKse_BCAWU&feature=youtu.be>. Acesso em: 17 fev. 2017.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIAS. Projeto Pedagógico do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas - Universidade Aberta do Brasil/UFG, 2014.

Publicado

2017-10-14

Como Citar

Oliveira, L. A. de, Bastos, Ângela C., & Lemos, C. L. S. (2017). INTERFACE DA FORMAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS LICENCIATURA E SAÚDE COLETIVA MEDIADA PELA EaD. EmRede - Revista De Educação a Distância, 4(1), 267-280. https://doi.org/10.53628/emrede.v4.1.157