POLO UNIVERSITÁRIO SANTO ANTÔNIO: DEZ ANOS

Autores

  • Dilce Eclai de Vargas Gil Vicente Polo Universitário Santo Antônio
  • Joselia Maria Lorence Fraga Polo Universitário Santo Antônio

DOI:

https://doi.org/10.53628/emrede.v4.2.204

Palavras-chave:

Polo de apoio presencial. Santo Antônio da Patrulha-RS. Polo Universitário Santo Antônio – POLO SAP.

Resumo

O Polo Universitário Santo Antônio – POLO SAP, resulta de uma conquista histórica ao município de Santo Antônio da Patrulha-RS, um dos mais antigos do Estado. Iniciado através da habilitação do Município ao edital federal número 01 de 16 de dezembro de 2005, para oferta de Ensino Superior, através do programa Universidade Aberta do Brasil, do Ministério da Educação, foi institucionalizado por Lei Municipal n. 5.300 de 19 de setembro de 2007. O presente artigo objetiva registrar a trajetória de lutas, desafios e de ações que impactaram o lugar, a partir de sua constituição, no ano em que completa 10 anos de atuação.

Biografia do Autor

Dilce Eclai de Vargas Gil Vicente, Polo Universitário Santo Antônio

Licenciada em Biologia pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (1985) e Licenciada em Ciências e Matemática pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ijui (1981). Especialista em Gestão Educacional, pela Faculdade de Educação de Taquara-FACAAT; Especialista em Informática na Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul-PUCRS; Especialista em Gestão de Polos pela Universidade Federal de Pelotas-UFPel. Atualmente é professora do Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Coordenadora do Polo Universitário Santo Antônio. Coordenadora do Núcleo de Tecnologia Educacional. Membro do grupo de pesquisa "Formação docente e tecnologias da informação e comunicação", ligado ao LANTE/UFF/RJ. Tem experiência na área de Educação supervisão escolar, direção de escola e educação a distância.

Joselia Maria Lorence Fraga, Polo Universitário Santo Antônio

Possui graduação em Licenciatura em Ciências - Biologia pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS (2001). Especialização em Gestão Regional de Recursos Hídricos pelo Instituto de Pesquisas Hidráulicas IPH/UFRGS. Mestre no curso de Geografia pelo Instituto de Geociências na UFRGS. Tutora presencial do curso de Licenciatura em Ciências pela Fundação Universidade Federal do Rio Grande - FURG, Sistema UAB, Polo de Santo Antônio da Patrulha. Foi diretora de projetos ambientais no Departamento Municipal de Meio Ambiente em Santo Antônio da Patrulha, município onde atua como professora da rede municipal.

Referências

REFERÊNCIAS

BRASIL. Ministério da Educação. Referenciais de Qualidade para a Educação Superior a Distância. Brasília: SEED-MEC, 2007. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/seed/arquivos/pdf/legislacao/refead1.pdf. Acesso em:

abril de 2011>

BUARQUE, Sérgio C. Metodologia de planejamento do desenvolvimento local e municipal sustentável. Brasília Projeto de Cooperação Técnica INCRA, 1999.

CABEDA, Marcelo. VICARI, Sabrina. STAPF, Andréa. SILVA, Antônio Carlos de Oliveira. Uma nova forma de polo de apoio presencial para EAD: O Polo dos Sonhos. Porto Alegre 2010. Disponível em: <http://www.abed.org.br/congresso2010/cd/2842010101650.pdf> Acessado em 25 de abril de 2011>

CONTERATO, Marcelo Antonio. FILLIPI, Eduardo Ernesto. Teorias do desenvolvimento. Editora UFRGS. Porto Alegre, 2009.

IBGE INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Dados divulgados em 29/11/2010 consultado em 25 de abril de 2011. Disponível em:< http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/censo2010/tabelas_pdf/total_populacao_rio_grande_do_sul.pdf>

JARA, C. J. A sustentabilidade do Desenvolvimento local. Desafios de um processo de construção. Brasília: Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura ( IICA): Recife: Secretaria de Planejamento do Estado de Pernambuco- Seplan, 1998.

MILANI, Carlos Teorias do Capital Social e Desenvolvimento Local: lições a partir da experiência de Pintadas (Bahia, Brasil) acessado em 10 de março em http://www.adm.ufba.br/capitalsocial/Documentos%20para%20download/ISTR%202003%20Capital%20Social%20e%20Desenvolvimento%20Local.pdf

Núcleo de Tecnologia Educacional (NTE). Disponível em:<https://sites.google.com/a/polosap.com.br/nte/>

OLIVEIRA, Gilson Batista de. Uma discussão sobre o conceito de desenvolvimento. Revista FAE, Curitiba, v.5, n.2, p.37-48, maio/ago. 2002. Disponível em: < http://www.fae.edu/publicacoes/pdf/revista_da_fae/fae_v5_n2/uma_discussao_sobre.pdf> Acessado em 29 de abril de 20011.

Plano de Ação do Núcleo de Tecnologia Educacional 2015. Disponível em: <http://www.polosap.com.br/images/arquivos/PLANEJAMENTO%20Geral%20NTE2015.pdf>

Plano de Gestão 2015-2016 do Polo Universitário Santo Antônio. Disponível em: <https://drive.google.com/file/d/0B8R6rdXGiJaOR1J3UE1QaTlDRGM/view>

Regimento interno do Polo Universitário Santo Antônio. Disponível em: < http://www.polosap.com.br/media/RegimentoRevisado06122012.pdf>

SILVA, Édson. Gestão de polo de apoio presencial no sistema Universidade Aberta do Brasil: construindo referenciais de qualidade. Revista RENOTE Novas Tecnologias em Educação, ISSN 1679-1916 UFRGS/CINTED 2010. acessado em http://seer.ufrgs.br/renote/article/view/18086 dia 14 de março de 2011.

VICENTE, Dilce Eclai de Vargas Gil. Educação a Distância: a experiência de Santo Antônio da Patrulha-RS. Porto Alegre : Cidadela, 2011.

Publicado

2017-10-14

Como Citar

Vicente, D. E. de V. G., & Fraga, J. M. L. (2017). POLO UNIVERSITÁRIO SANTO ANTÔNIO: DEZ ANOS. EmRede - Revista De Educação a Distância, 4(2), 433-445. https://doi.org/10.53628/emrede.v4.2.204