INTENSIFICAÇÃO DO TRABALHO DOCENTE E TECNOLOGIAS DIGITAIS EM PESQUISAS SOBRE EDUCAÇÃO NO BRASIL

Palavras-chave:

Trabalho docente, Intensificação, Tecnologias digitais

Resumo

Este artigo apresenta um estudo bibliométrico, tendo como tema central a intensificação do trabalho docente promovida pelo uso das TDIC. Questionamos “Como a intensificação do trabalho docente (ITD) promovida pelo uso das tecnologias digitais tem sido estudada em pesquisas educacionais no Brasil nos últimos anos?”. Percebeu-se a existência de ITD causada pelas TDIC, com poucas teses publicadas e a inexistência de teses voltadas ao ensino básico. As teses utilizaram uma base epistemológica comum no que tange aos estudos de Educação a Distância, trabalho e capitalismo, tempo e espaço, sociedade da informação, dentre outros conceitos. Apontamos para a necessidade de ampliação das pesquisas nesta área, com olhar crítico, promovendo a reflexão sobre a adoção das TDIC na educação.

Referências

ANTUNES, R. Os sentidos do trabalho: ensaios sobre a afirmação e a negação do trabalho. 6. Ed. São Paulo: Boitempo, 2002.

ANTUNES, R.; ALVES, G. As mutações no mundo do trabalho na era da mundialização do capital. Campinas: Revista Educação e Sociedade, v. 25, n. 87, p. 335-351, maio/ago. 2004.

ANTUNES, R.; BRAGA, R (Orgs.). Infoproletários: degradação real do trabalho virtual. São Paulo: Boitempo Editorial, 2009.

BENINI, E. G. Política educacional e educação a distância: as contradições engedradas no âmbito do trabalho docente. 2012. Tese (Doutorado em educação) - Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande.

CASTELLS, M.. A galáxia da internet: reflexões sobre a internet, os negócios e a sociedade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2003.

FIDALGO, F.; FIDALGO, N. L. R. Trabalho docente, tecnologias e Educação a Distância: novos desafios? Belo Horizonte: Revista extra-classe, v.1, n.1, fev. 2008.

FIDALGO, F.; MILL, D. Estudo sobre relações de trabalho em sistemas de educação a distância mediada por tecnologias da informação e da comunicação. Belo Horizonte, Revista Trabalho e Educação, v.11, 2002, p. ??.

FIDALGO, N. L. R. A espetacularização do trabalho docente Universitário: dilemas entre produzir e viver e viver para produzir. 2010. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte.

GUTIERREZ, S.S. Professores conectados: trabalho e educação nos espaços públicos em rede. 2010. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

HINE, C. Etnografia virtual. Barcelona, Espanha: UOC, 2004.

LARA, R. C. Sob o signo de jano: tensionamentos trabalho docente com usos de tecnologias digitais na pós-graduação stricto sensu. 2016. Tese (Doutorado em Educação) – Centro de Ciências da Educação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

LEVY, P. As tecnologias da inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. São Paulo: editora 34, 1993.

LIMA, M. F. M. L. No fio de esperança: políticas públicas de educação e tecnologias da informação e da comunicação. 2002.Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal da Bahia, Salvador.

MAGALHÃES, L. K. C. Formação e trabalho docente: os sentidos atribuídos às tecnologias da informação e da comunicação. 2008. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

MILL, D. Escritos sobre Educação a Distância: desafios e possibilidades para ensinar e aprender com as tecnologias emergentes. São Paulo: Paulus, 2013.

MILL, D. Educação a Distância e trabalho docente virtual: sobre tecnologia, espaços, tempos, coletividade e relações sociais de sexo na Idade Mídia. 2006. Tese (Doutorado em educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte.

MILL, D.; ABREU-E-LIMA, D.; TANCREDI, R. M. S. P.; LIMA, V. S. O desafio de uma interação de qualidade na Educação a Distância: o tutor e sua importância nesse processo. Cadernos da Pedagogia, ano 02, v.02, n. 04, ago/dez.2008.

MUNIZ JUNIOR, J.; MAIA, F. G. M.; VIOLA, G. Os principais trabalhos na teoria do conhecimento tácito: pesquisa bibliométrica 2000-2011. XIV SIMPOI: Simpósio de operações humanitárias e cadeias sustentáveis. São Paulo: FGV- 2011.

SANTOS, M. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. Rio de Janeiro: Record, 2000.

VIEIRA PINTO, Á. O conceito de tecnologia. Rio de Janeiro: Contraponto, 2005.

WEBER, S. W. Uma investigação acerca dos fatores que contribuem para o mal-estar e o bem-estar dos professores que trabalham com EaD. 2009. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

Publicado

2018-03-16