AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE A DISTÂNCIA: UM ESTUDO NA SEAD/UFES

Autores

  • Leonardo Jose Gomes Kolaga Mestrado Profissional em Gestão Pública - UFES
  • Taciana de Lemos Dias Mestrado Profissional em Gestão Pública - UFES
  • Teresa Cristina Janes Carneiro Mestrado Profissional em Gestão Pública - UFES

DOI:

https://doi.org/10.53628/emrede.v2.2.54

Palavras-chave:

Qualidade, HEdPERF, Educação a Distância, Graduação

Resumo

A presente pesquisa tem como objetivo adaptar o questionário proposto no modelo HEdPERF a educação a distância (EaD) e avaliar a qualidade dos cursos ofertados nessa modalidade pela Universidade Federal do Espírito Santo - UFES. O questionário ajustado foi aplicado a 183 alunos dos cursos de graduação em Ciências Contábeis, Licenciatura em Artes Visuais e Licenciatura em Educação Física EaD ofertados pela UFES em 2013. Os dados foram analisados utilizando-se análise estatística descritiva, e mostraram como pontos fortes a Utilidade do Curso, Capacidade Técnica dos Professores e a Secretaria Acadêmica e como pontos a aprimorar a Internet do Polo, Biblioteca do Polo e Acompanhamento Pedagógico, apontando serem esses os caminhos para a melhoria da qualidade dos cursos ofertados pela UFES na modalidade a distância.

Referências

ABED. Associação Brasileira de Educação a Distância. Censo EaD BR 2012/2013. Disponível em .

BAPTISTA, Michele Marques; LEONARDT, Michele Poleto Lesina. A qualidade dos serviços prestados e a satisfação dos usuários em uma Biblioteca Universitária. Biblioteca Universitária, v.1, n.1, jan./jun. 2011.

BRASIL. Decreto nº 5.800, de 8 de junho de 2006. Dispõe sobre o Sistema Universidade Aberta do Brasil – UAB. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 9 jun. 2006.

CHAGAS, Leila Rodrigues. Mapeamento da percepção dos alunos de uma escola de idiomas: uma adaptação ao modelo HEdPERF. Niterói, 2010.

CRONIN, J. Joseph Jr.; TAYLOR, Steven A. Measuring service quality: a reexamination and extension. Journal of Marketing, v. 56,n. 3, 1992.

DIAS, Deise Taiana Ávila; MORAIS, Francieli Leoni. Pesquisa de satisfação relacionada à qualidade da central de atendimento sob a ótica do cliente interno. Revista GEINTEC. Vol. 3, n. 4, 2013.

FAVERO, L.P.; BELFIORE, P.; SILVA, F.L.; CHAN, B.L. Análise de Dados: modelagem Multivariada para tomada de decisão. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009.

FIRDAUS, Abdullah. HEdDPERF versus SERVPERF: the quest for ideal measuring instrument of service quality in higher education sector. Quality Assurance in Education. v. 13, n. 4, 2005.

______. The development of HEdPERF: a new measuring instrument of service quality for the higher education sector. International Journal of Consumer Studies, v 30, n 6, 2006.

FORTES, V. C.: Avaliação da qualidade no ensino superior: aplicação dos modelos HEdPERF e SERVPERF. Blumenau, 2011.

KOTLER, Philip. Administração de marketing: análise, planejamento, implementação e controle. 5. d. São Paulo: Atlas, 1998.

LIKERT, R.A. Technique for measurement of attitudes. Archives of Psychology, v.140, n.1, 1932.

MARQUES, André; LOPES, Cláudia Valéria Pinho. Ensino: como encantar o aluno e vencer a concorrência. São Paulo: Disal, 2007.

MILONE, Giuseppe. Estatística geral e aplicada. São Paulo: Centage Learning, 2009.

OLIVER, R. L. A Cognitive model of the antecedents and consequences of satisfaction decisions. Journal of Marketing Research, Vol. 17, p.460-69, 1980.

PARASURAMAN, A., ZEITHAML V.A., BERRY L.L. O modelo conceitual de serviços e suas implicações para pesquisa futura. Journal of Marketing, v. 49, 1985.

SEAD. Secretaria de Ensino a Distância/UFES. Disponível em: .

SONEHARA, W. T. Avaliação da qualidade de serviços em instituições de ensino superior utilizando os métodos SERVQUAL, SERVPERF e HEdPERF. São Paulo, 2011.

Publicado

2016-05-07

Como Citar

Gomes Kolaga, L. J., de Lemos Dias, T., & Janes Carneiro, T. C. (2016). AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE A DISTÂNCIA: UM ESTUDO NA SEAD/UFES. EmRede - Revista De Educação a Distância, 2(2), 114-128. https://doi.org/10.53628/emrede.v2.2.54