Criação de Recursos Educacionais Abertos para Escolarização Aberta

Autores

DOI:

https://doi.org/10.53628/emrede.v8i2.790

Palavras-chave:

Recursos Educacionais Abertos. , Projeto CONNECT

Resumo

Esta pesquisa tem como objetivo desenvolver Recursos Educacionais Abertos (REA) para a vivência da escolarização aberta do Projeto CONNECT, que visa a estimular crianças e jovens da Educação Básica em utilizar o pensamento científico na vida cotidiana, além de envolver vários atores, integrando ciência-ação. Um dos pilares empregados no projeto é a escolarização aberta, com o objetivo de que as escolas façam parcerias, bem como criem ambientes educacionais flexíveis e interativos sobre a ciência com a comunidade. Ao longo do primeiro semestre de 2021, foram criados vários REA sobre COVID-19 para serem fornecidos às primeiras escolas que estavam envolvidas no projeto. Os REA criados – infográficos, vídeos, cartazes e pôsteres – foram ofertados para utilização em sala de aula e posteriormente serão disponibilizados na plataforma do Projeto CONNECT, de forma aberta.

Biografia do Autor

Raquel Pasternak Glitz Kowalski, Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Pós doutoranda em Educação na PUCPR, Doutora em Educação na PUCPR (2018), mestre em Educação na PUCPR (2008). Pós Graduação em Web Design pela PUCPR (2002) e Design Instrucional (2012) e graduação em Design Gráfico pela PUCPR (2001). Coordenadora do curso de especialização em Design Educacional na PUCPR. Atua como docente na PUCPR e na FAE nos cursos de graduação na área de Design, Publicidade e Propaganda e Pedagogia. Experiência como docente de informática para o ensino fundamental e médio. Atuou como designer educacional na Diretoria de Tecnologias Educacionais na PUCPR por seis anos. Possui pesquisa publicada aliando tecnologia, design e educação.

Patricia Lupion Torres, Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Bolsista Produtividade em Pesquisa CNPQ. Possui graduação em Pedagogia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1981), mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1994), doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2002) e Pós doutorado pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto- Portugal. Atualmente é Coordenadora do Programa de Pós Graduação Stricto Sensu em Educação da PUCPR, professora titular da Pontifícia Universidade Católica do Paraná e Professora permanente do mestrado e doutorado em Educação da PUCPR.

Gabriele Vitória Oliveira Ungari, Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Atualmente cursando Design (6º período) na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e participando ativamente no programa institucional de bolsas de iniciação científica (PIBIC) com linha de pesquisa em conjunto com a Prática Pedagógica no Ensino e Aprendizagem com Tecnologias Educacionais (PRAPETEC )

Joyce Guedes Ferreira, Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Bolsista de Iniciação Científica do CNPq. Tem experiência na área de Design gráfico e moda, com ênfase em marketing e comunicação

Referências

AMIEL, T. Educação aberta: configurando ambientes, práticas e recursos educacionais. In: SANTANA, B.; ROSSINI, C.; PRETTO, N. L. (orgs.). Recursos educacionais abertos: práticas colaborativas políticas públicas. Salvador: Edufba; São Paulo: Casa da Cultura Digital, 2012.

MORAN, J. M.; MASETTO, M. T.; BEHRENS, M. A. Novas tecnologias e mediação pedagógica. São Paulo: Papirus, 2006.

EDUCAÇÃO ABERTA. Recursos Educacionais Abertos (REA): Um caderno para professores. Campinas, 2013. Disponível em: https://educacaoaberta.org/cadernorea/index. Acesso em: 21 jan. 2021.

EUROPEAN COMISSION. Inclusive open schooling through engaging and future-oriented science. 2020. Disponível em: https://cordis.europa.eu/project/id/872814. Acesso em: 10 jul. 2021.

OKADA, A. Competências Chave para Coaprendizagem na Era Digital: fundamentos, métodos e aplicações. Santo Tirso, Portugal: WHITEBOOKS, 2014.

OKADA, A.; BARROS, M. Ambientes Virtuais de Aprendizagem aberta: bases para uma nova tendência. Revista Digital de Tecnologias Cognitivas, São Paulo, n. 3, jan./jun. 2010. Disponível em: http://www.pucsp.br/pos/tidd/teccogs/artigos/pdf/teccogs_n3_2010_04_artigo_OKADA%26BARROS.pdf. Acesso em: 21 out. 2021.

OKADA, A.; ROSA, L. Q.; SOUZA, M. V. Escolarização aberta com mapas de investigação na educação em rede: apoiando a pesquisa e inovação responsáveis (RRI) e a diversão na aprendizagem. Revista Exitus, Santarém, PA, v. 10, p. 01-36, 2020. Disponível em: http://ufopa.edu.br/portaldeperiodicos/index.php/revistaexitus/article/view/1439

SEVERINO, A. Educação e transdisciplinaridade: crise e reencantamento da aprendizagem. Rio de Janeiro: Lucerna, 2002.

UNESCO. UNESCO and education: Everyone has the right to education. Paris: UNESCO, 2011.

Publicado

2021-12-30

Como Citar

Pasternak Glitz Kowalski, R. ., Lupion Torres, P., Oliveira Ungari, G. V., & Guedes Ferreira, J. (2021). Criação de Recursos Educacionais Abertos para Escolarização Aberta. EmRede - Revista De Educação a Distância, 8(2), 1-14. https://doi.org/10.53628/emrede.v8i2.790

Edição

Seção

Dossiê A educação em rede e a inovação responsáveis em tempos de pandemia