METODOLOGIAS ÁGEIS PARA O GERENCIAMENTO DO DESENVOLVIMENTO DE EaD EM UMA UNIVERSIDADE CORPORATIVA

Autores

  • Silas Queiroz Silva Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Nikiforos Joannis Philyppis Jr. Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.53628/emrede.v5.3.325

Palavras-chave:

Desenvolvimento de e-learning, Métodos ágeis, Educação corporativa

Resumo

Este trabalho buscou relacionar as necessidades do gerenciamento do desenvolvimento de soluções educacionais a distância com as características das metodologias ágeis de gerenciamento de projetos a fim de possibilitar o seu uso para maximizar o sucesso dos treinamentos desenvolvidos. Foi realizada uma pesquisa qualitativa exploratória, em uma universidade corporativa, utilizando a documentação dos procedimentos da instituição, pesquisas internas e trabalhos científicos. Foram analisadas algumas abordagens ágeis de gerenciamento de projetos e a sua aplicabilidade no desenvolvimento de treinamentos a distância e, a partir das informações coletadas na instituição, foi possível definir o problema do gerenciamento do desenvolvimento de soluções educacionais e indicar possível solução.

 

Biografia do Autor

Silas Queiroz Silva, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Bacharel em ciência da computação - UFBA
Especialista em gestão de projetos, programas e portfólios - UFRJ

Nikiforos Joannis Philyppis Jr., Universidade Federal do Rio de Janeiro

Mestre em Economia Empresarial
Professor da Faculdade de Administração e Ciências Contábeis (FACC) da UFRJ

Referências

BARBOSA, A.; AZEVEDO, B.; PEREIRA, B.; CAMPOS, P.; SANTOS, P. Metodologia Ágil: Feature Driven Development. Faculdade de Engenharia da universidade do Porto, 2008.

BASSIS, N. Gerência de Projetos aplicada à Gestão do Conhecimento. São Paulo-SP. Editora Brasport livros e multimídia. 1 ed.

BUCHELE, G.; SCHMITZ, L.; DANDOLINI, G. Um Plano para Gerenciamento de Projetos no Contexto da Educação a Distância no Ambiente Público. Revista de Gestão e Projetos. v. 6, n. 2. maio/ago. 2015.

COAD, P.; LEFEBVRE, E.; LUCCA , J. Java Modeling In Color With UML: Enterprise Components and Process. Editora Prentice Hall. 1 ed.

GALEOTE, R.. Universo projeto. 20014. Disponível em: . Acesso em: 23 jun. 2017.

LEMOS, M. R. Complexidade, acoplamento e criticalidade (c²a) como indicadores de risco em projetos de sistemas. 278f. Tese de Doutorado - Escola Politécnica da universidade de São Paulo. Departamento de Engenharia de Computação e Sistemas Digitais. São Paulo. 2012.

MELLO, F. Avaliação em EAD: um estudo de Caso Corporativo. Revista FGV online. ano 1, n. 2. p. 52-66, out. 2011.

MORGAN, Brian M.Is Distance Learning Worth It? Helping To Determine the Costs of Online Courses. Washington. 2000.

MURASHIMA, M. universidades Corporativas: as trilhas em meio a novos caminhos. Revista FGV online, v.1, n.2, p. 4-23, 2011.

MURALI, R. Brilligence. 2013. Disponível em: <http://www.brilligence.com/ the-agile-sweet-spot/>. Acesso em: 23 jun. 2017.

PACHECO, D.. Imasters. 2009. Disponível em: <https://imasters.com.br/artigo/ 13370/agile/fdd-um-metodo-agil-e-eficiente/?trace=1519021197&source=single>. Acesso em: 23 jun. 2017.

PANTAZIS, Cynthia. Maximizing e-learning to train the 21st century workforce. Public Personnel Management, v.31. Washington. 2002.

SANTOS, O. A. R. SCRUM e o Gerenciamento Ágil de Projetos: Uma abordagem adaptativa. Revista Mundo Project Management, R. Janeiro, n.22, p. 38 -42, 2009.

SANTOS, A. A.; MARINO, A.; TANURA, M.; MORÉ, R.; FOGANHOLE, F. Universidade Corporativa do Banco do Brasil: o projeto piloto da universidade Aberta do Brasil. Revista FGV online, v. 1. n. 2. p. 27-39, 2011.

SCHIMIGUEL, J. DevMedia: códigos e jobs para programadores. 2014. Disponível em: <http://www.devmedia.com.br/agile-development-xp-e-scrum-em-uma-abordagem-comparativa/30808>. Acesso em: 23 jun. 2017.

SILVA, T. A. V. Análise de aplicabilidade do gerenciamento de projetos no processo de desenvolvimento de soluções educacionais. 2014. 48 f. Monografia para Pós Graduação – universidade Federal do Rio Janeiro – Escola Politécnica Curso de especialização em Gestão de Portfolio, Programas e Projetos NPPG, Rio de Janeiro, 2014.

SILVA, A. B. V. Explorando o papel da complexidade no gerenciamento de projetos: um novo espaço de oportunidades. 2015. 241f. Tese de Doutorado em Engenharia de Produção – Universidade Federal Fluminense. Rio de Janeiro. 2015.

SOARES, M. S. Comparação entre Metodologias Ágeis e Tradicionais para o Desenvolvimento de Software. Teófilo Otoni: 2004.

SOUSA, D. F.; RIBEIRO, J.; SOUSA, N. Metodologia Ágil de Desenvolvimento de Softwares Crystal. Marabá. 2011.

STANDISH GROUP. Chaos Manifesto 2012: The Year of the Executive. Boston, United States, 2012.

TRENTIN, M. H. Blog mundoPM. 2014. Disponível em: <http://blog.mundopm.com.br/ 2013/11/07/complexidade-em-gerenciamento-de-projetos>. Acesso em: 23 jun. 2017.

VIEIRA, A. de F. A universidade corporativa Sebrae e suas Trilhas de Aprendizagem. Revista FGV online. ano 1, n. 2, p. 40-51, out. 2011.

Publicado

2018-11-05

Como Citar

Silva, S. Q., & Philyppis Jr., N. J. (2018). METODOLOGIAS ÁGEIS PARA O GERENCIAMENTO DO DESENVOLVIMENTO DE EaD EM UMA UNIVERSIDADE CORPORATIVA. EmRede - Revista De Educação a Distância, 5(3), 584-598. https://doi.org/10.53628/emrede.v5.3.325