FORMAÇÃO CONTINUADA EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: PERCEPÇÕES SOBRE AS COMPETÊNCIAS NA ATUAÇÃO DO PROFESSOR TUTOR

Autores

  • Leandro Saggiomo da Silva Universidade Federal do Rio Grande - FURG, Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências.
  • Elaine Pereira Correa Universidade Federal do Rio Grande - FURG, Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências.
  • Luciana Martinez Duarte Universidade Federal do Rio Grande - FURG, Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências.
  • Sicero Agostinho Miranda Universidade Federal do Rio Grande - FURG, Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências.

DOI:

https://doi.org/10.53628/emrede.v3.2.122

Palavras-chave:

Formação Continuada, Educação a Distância, Professor Tutor

Resumo

Com o propósito de qualificar o corpo docente que atua nos cursos oferecidos pela Universidade Federal do Rio Grande- FURG, a Secretaria de Educação a Distância desenvolve práticas pedagógicas e administrativas a fim de organizar sua atuação. Os professores-tutores são responsáveis pelo desenvolvimento, pelo acompanhamento e pela avaliação dos estudantes. Esta pesquisa qualitativa objetiva compreender as percepções dos professores-tutores sobre as competências necessárias para o desenvolvimento da atividade da Tutoria. Os dados foram produzidos através de entrevista semiestruturada e analisados pelo método do Discurso do Sujeito Coletivo. A partir das análises, foi gerado o discurso coletivizado Ser Tutor, que embasou algumas reflexões, demonstrando a apropriação dos sujeitos quanto a atuação na EaD.


Referências

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria nº 4.059, de 10 de dezembro de 2004. Dispõe sobre a regulamentação das atividades semi-presenciais. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/sesu/arquivos/pdf/nova/acs_portaria4059.pdf>. Acesso em: 01 abr. 2016.

BRASIL. Ministério da Educação. Resolução CD/FNDE nº 26, de 5 de junho de 2009. Estabelece orientações e diretrizes para o pagamento de bolsas de estudo e de pesquisa a participantes da preparação e execução dos cursos dos programas de formação superior, inicial e continuada no âmbito do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), vinculado à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), a serem pagas pelo FNDE a partir do exercício de 2009.Disponível em:http://www.fnde.gov.br/fnde/legislacao/resolucoes/item/3320-resolu%C3%A7%C3%A3o-cd-fnde-n%C2%BA-26-de-5-de-junho-de-2009. Acesso em: 17 jan. 2017.

BRASIL.Ministério da Educação. Secretaria de Educação a distância. Referências de qualidade para a Educação Superior a distância. Brasília, ago. 2007. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/seed/arquivos/pdf/legislacao/refead1.pdf>. Acesso em: 10 jun. 2015.

BRUNO, A. R.; LEMGRUBER, M. S. Dialética professor-tutor na educação on-line: o curso de Pedagogia UAB-UFJF em perspectiva. In: ENCONTRO NACIONAL SOBRE HIPERTEXTO, 3., 2009, Belo Horizonte, MG. Anais... Recife:Universidade Federal de Pernambuco, 2009. Disponível em:<http://www.ufpe.br/nehte/hipertexto2009/anais/a/a-dialetica-professor-tutor.pdf>.Acesso em: 2 jun. 2015.

CEE_RJ. Deliberação 297/2006. Estabelece normas para credenciamento de instituiçoes e autorização de cursos e programas de Educação a Distância. Disponivel em: <http://www.cee.rj.gov.br/coletanea/d297.pdf>. Acesso em: 1 abr.2016.

CORTES, S. M. V.. Técnicas de coleta e análise qualitativa dos dados. Cadernos de Sociologia, Porto Alegre, v. 9, p. 11-47, 1998.

CUNHA, A. L. Interação verbal em fóruns de discussão: a língua escrita em atividades colaborativas.Pará: Universidade Federal do Pará,2007. Disponível em <http://www.abed.org.br/congresso2007/tc/415200753049PM.pdf>. Acesso em 05 mai. 2016.

CUNHA, S. L. S.. Reflexões sobre o EAD no Ensino de Física, Revista Brasileira de Ensino de Física, São Paulo, v.28, n.2, p.151-153, 2006.

EMERENCIANO, M. S. J.; SOUSA, C. A. L.; FREITAS, L. G. Ser presença como Educador, professor e Tutor. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA, 8., 2001, Brasília. Anais... Brasília: Associação Brasileira de Educação a Distância, 2005. Disponível em: <http://www.abed.org.br/congresso2005/por/pdf/032tcd5.pdf>. Acesso em: 3 mai. 2015.

LEFFA, Vilson. Análise automática da resposta do aluno em ambiente virtual. In Revista Brasileira de Linguística Aplicada, v. 1, n. 1, 2001. Belo Horizonte: Faculdade de Letras da UFMG.

LEFÈVRE, F.; LEFÈVRE, A. M. C. Pesquisa de Representação Social: um enfoque qualiquantitativo a metodologia do Discurso do Sujeito Coletivo. Série Pesquisa, v. 20.Brasília: Liber Livro Editora, 2012.

MATTAR, J. Tutoria e interação em educação a distância. Série Educação e Tecnologia. São Paulo: Cengage Learning, 2012.

MINAYO, M. C.. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo: Hucitec, 1998.

MONTEIRO, A. F. et al.. Tutoria a distância: afetiva e efetiva. In: JELINEK, Karin R.; VANIEL, Berenice Vahl (Orgs.). Tutor/autor: experiências e saberes. Rio Grande: Editora da FURG, 2013.

MORAES, M. A monitoria como serviço de apoio ao aluno na educação a distância. 2004. 229f. Tese (Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis. Disponível em: <https://repositorio.ufsc.br/xmlui/bitstream/handle/123456789/87894/204494.pdf?sequence=1TESE!%20/0>. Acesso em: 15 abr. 2015.

NEVES, C. E. B.; CORRÊA, M. B.. Apresentação. In: NEVES, C. E. B.; CORRÊA, M. B. (Org.). Pesquisa social empírica: métodos e técnicas. Porto Alegre, 1998, p. 8. (Cadernos de Sociologia).

NOVELLO, T. P. Cooperar no enatuar de professores e tutores. 2011. Tese (Doutorado) - Programa Pós-Graduação em Educação Ambiental, Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande.

OLIVEIRA, C.L. de A. P. Afetividade, aprendizagem e tutoria online,2009. Disponível em: <http://32reuniao.anped.org.br/arquivos/trabalhos/GT16-5141--Int.pd>f. Acesso em: 17 jan. 2017

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. 16. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.

VILARINHO, L. R. G.; CABANAS, M. I. C. Educação a Distância (EaD): o tutor na visão de tutores, Revista Educação, Santa Maria, v. 33, n. 3, p. 481-494, set/dez. 2008. Disponível em: <https://periodicos.ufsm.br/reveducacao/article/view/86>. Acesso em: 19 mar. 2015.

WILLIAMS, R. L. Preciso saber se estou indo bem: uma história sobre a importância de dar e receber feedback. Rio de Janeiro: Sextante, 2005.

Publicado

2017-01-26

Como Citar

da Silva, L. S., Correa, E. P., Duarte, L. M., & Miranda, S. A. (2017). FORMAÇÃO CONTINUADA EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: PERCEPÇÕES SOBRE AS COMPETÊNCIAS NA ATUAÇÃO DO PROFESSOR TUTOR. EmRede - Revista De Educação a Distância, 3(2), 252-265. https://doi.org/10.53628/emrede.v3.2.122