DOCUMENTO DE ORIENTAÇÃO AOS TUTORES DO CURSO DE PEDAGOGIA A DISTÂNCIA: DESAFIOS E PERSPECTIVAS

Autores

  • Dafne Fonseca Alarcon UDESC/CEAD - professora colaboradora EAD - Pedagogia.
  • Ana Flávia Garcez Universidade do Estado de Santa Catarina Centro de Educação a Distância

Palavras-chave:

Educação a distância. Práticas pedagógicas. Atividade colaborativa.

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo apresentar um relato de experiência sobre a utilização do Documento de Orientação de Tutores (DOT) nas práticas pedagógicas do curso de Pedagogia a distância da UDESC. Para tanto, buscamos apresentar os referencias teóricos sobre o conceito de Educação a Distância (EaD) e a importância de atividades colaborativas nesse contexto. A partir desses conceitos, relatamos nossa experiência, contextualizando-a e destacando os aspectos relevantes observados nas práticas pedagógicas, que envolvem o planejamento, o desenvolvimento e a utilização do DOT pelos tutores no polo UAB. Após o relato, elencamos os desafios encontrados na utilização do documento apontando, sobretudo, perspectivas de aperfeiçoamento do documento.

Biografia do Autor

Dafne Fonseca Alarcon, UDESC/CEAD - professora colaboradora EAD - Pedagogia.

Professora Colaboradora da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) do Centro de Educação a Distância (CEAD) no Curso de Licenciatura em Pedagogia. Designer Educacional e Sistema Tutorial. Doutora em Engenharia e Gestão do Conhecimento da Universidade Federal de Santa Catarina (EGC-UFSC) com pesquisa nas áreas de mídia, inovação e educação. Mestre em Design e Expressão Gráfica (CCE-UFSC) com pesquisa em Design Gráfico e Interatividade. Especialização em Metodologias para a Educação à Distância (UNISUL VIRTUAL) com pesquisa em Ambientes Virtuais de Aprendizagem e Design Educacional. Graduação com Licenciatura em Educação Artística e Pedagogia (em andamento) com pesquisa nas áreas de produção de material didático para EaD e Educação Lúdica pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC).

Ana Flávia Garcez, Universidade do Estado de Santa Catarina Centro de Educação a Distância

Professora Efetiva da Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC, Bacharel em Comunicação Social, Habilitação em Relações Públicas pela Universidade de Caxias do Sul (2000), Mestre em Ciências da Comunicação em Processos Midiáticos pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2004) e Especialista em Gestão de Políticas Sociais pela Universidade de Caxias do Sul (2009). Atua, principalmente, nos seguintes temas: Educação, comunicação e tecnologia ; educação e cultura; educação, direitos humanos e gestão de políticas públicas; educação à distância; interface entre educação, comunicação e cultura para crianças, adolescentes e jovens; gestão e coordenação de Redes na área da Criança e do Adolescente e mídias digitais. Coordenou por quatro anos a Rede da Criança e do Adolescente e o Setor de Comunicação da Fundação de Assistência Social da Prefeitura Municipal de Caxias do Sul.

Referências

ALARCON, D.F.; SPANHOL, F. J. Gestão do conhecimento na educação a distância: práticas para o sucesso. São Paulo: Pimenta Cultural, 2015.214p.

DAVENPORT, T. H.; PRUSAK, L. Conhecimento empresarial: como as organizações gerenciam o seu capital intelectual. 14. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003. 243 p.

KONRATH, M. L. P.; TAROUCO, L. M. R.; BEHAR, P. Competências: desafios para alunos, tutores e professores da EaD. RENOTE, v. 7, n. 1, 2009. Disponível em: <http://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/13912>. Acesso em 08 jan. 2018.

MOORE, Michael; KEARSLEY, Greg. Educação a distância: uma visão integrada. São Paulo: Thomson Learning, 2007.

OLIVEIRA, A. S.; BRANCO, N.B.C; BRITO, M. A.; SOUZA, T. C. Docência compartilhada em EaD: reflexões sobre a formação docente. Revista Brasileira de Educação a Distância, v. 2, p. 89-99, 2015.

Publicado

2018-03-16

Como Citar

Alarcon, D. F., & Garcez, A. F. (2018). DOCUMENTO DE ORIENTAÇÃO AOS TUTORES DO CURSO DE PEDAGOGIA A DISTÂNCIA: DESAFIOS E PERSPECTIVAS. EmRede - Revista De Educação a Distância, 5(1), 232-240. Recuperado de https://www.aunirede.org.br/revista/index.php/emrede/article/view/131