Novos cenários, recursos e perspectivas para a EaD são apresentadas no XVI Congresso Nacional de Ensino Superior

A Associação Universidade em Rede (UniRede) em parceria com a Universidade Federal do Piauí (UFPI), realizou o XVI Congresso Nacional de Ensino Superior a Distância (ESUD) e o V Congresso Internacional de Educação Superior a Distância (CIESUD), que ocorreu entre 26 a 29 de novembro, em Teresina, e este ano os eventos tiveram como sede o centro universitário Uninovafapi. A abertura do evento, no dia 26, contou com a presença ilustre do professor da Universidade de Barcelona, Antonio Ramón Bartolomé Pina, abordando o tema “Blockchain: nuevos desafios para la EaD”.

Na quarta-feira (27/11/2019), no ESUD e o CIESUD, houve mesas de debates, oficinas e a abertura do II Workshop de Inovação da CAPES. Foram, no total, cinco mesas de debate com os temas: Cenários atuais da EaD, com Alexandre dos Anjos (UniRede), Fernanda Marsaro dos Santos (INEP) e Ulysses Tavares Teixeira (INEP); Recursos Educacionais Abertos, com Ismar Frango Silveira (Mackenzie), Ebba Ossiannilsson (ICDE) e Tel Amiel (UNB); Institucionalização e Regulamentação, com Ilka Serra (UEMA), Giovane José da Silva (CONIF) e Anilton Salles Garcia (UFES); Políticas Públicas, com Carlos Eduardo Bielschowsky (UFRJ), Celso José da Costa (UFF) e Katia Morozov (UFMT); Currículo e Formação, com Edméa Oliveira dos Santos (UFRRJ), Ebba Ossiannilsson (ICDE) e Eduardo Cezari (IFTO).

Na sequência, foram realizadas as oficinas de Gamificação na EaD: possibilidades utilizando o Moodle, com Aline Amorim (IFES), Paulo Roberto Montanaro (UFSCAR) e Júlia Marques Carvalho da Silva (IFRS); Moodle para professores, com William Mano (UEMA); Elaboração de projetos de cursos a distância: compartilhando uma metodologia de construção coletiva, com Ana Paula A. Fialho (FIOCRUZ) e Sheila Nunes (FIOCRUZ); O serviço de conferência web da RNP, com Mateus R. Oliveira (RNP); Método Trezentos, com Ricardo Fragelli; Como a internet das coisas pode auxiliar na avaliação de aprendizagem, com Francisco das Chagas B. Santos (IFPI) e Daniel Ferreira da Ponte (IFPI) e; Avaliações de IES para (re)credenciamento EAD, com Fábio Luís de Magalhães (UNIFESP).

Na manhã  de quinta (28/11/2019), o evento contou com as mesas de debate: Práticas Educativas e Redes de Aprendizagem, com Maria Teresa Pessoa (Universidade de Coimbra – Portugal) e Carlos Alberto P. de Oliveira (UERJ); Tecnologias assistivas e acessibilidade em ambientes virtuais de aprendizagem, com Klaus Schlunzen Junior (UNESP), José Antônio dos Santos Borges (UFRJ) e Cledinalva Oliveira (SEDUC); Metodologias ativas e aprendizagem adaptativa, com Mauro Pequeno (UFC), Ricardo Fragelli (UNB) e Stephen Downes (National Research Council of Canada); Competências socioemocionais na EaD, com Luiz Cláudio Pereira (Afya Educacional) e Eloiza Oliveira (UERJ) e Direitos autorais na EaD, com Everton Knihs (MACKENZIE), Tel Amiel (UNB) e Helldânio Muniz Barros (OAB – PI).

Para o último dia (29/11/2019) do XVI Congresso Nacional de Ensino Superior a Distância (ESUD) e o V Congresso Internacional de Educação Superior a Distância (CIESUD), foram debatidos as Tecnologias – usos e apropriações, com Diogo Casanova (University of West London – Inglaterra) e Alex Sandro Gomes (UFPE) e; Presperctivas e Futuro da EaD, com Maria Luiza Furlan (UEM), e Sérgio Franco (UFRGS).

Na tarde que marca o fim do ESUD e CIESUD, ocorrem as cerimônias do Prêmio UniRede e a entrega das medalhas para os trabalhos premiados do II Workshop de Inovação da CAPES. Nesta edição do Prêmio UniRede, foram premiadas as melhores experiências sistematizadas do uso das redes sociais para o ensino-aprendizagem no âmbito da Educação a Distância (EaD). O projeto vencedor foi da Universidade Federal do Piauí (UFPI), com o tema “Tecnologias didático-biológicas e o Instagram como mídia digital (in)formativa”.

O Workshop de Inovação da CAPES este ano teve 25 projetos inscritos para concorrerem às premiações. O coordenador de Ensino e Tecnologia de Ensino a Distância da CAPES, Alexandre Martins, argumenta que os projetos existentes são fruto de pesquisas, editais, fomento, competência e esforço dos envolvidos. As apresentações dos projetos ocorreram entre os dias 27 a 29 de novembro, no ESUD e CIESUD.

« 7 de 7 »

Os vencedores do II Workshop de Inovação da CAPES, em ordem de colocação foram:

1º (ouro): Série de jogos digitais episódicos multiplataforma para conteúdos da matemática – Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN);

2º (prata): Conjunto de aplicativos móveis acessíveis para apoio ao aluno deficiente visual e auditivo – Universidade Federal do ABC (UFABC);

3º (bronze): Inovação pedagógica para acessibilidade no Ensino Superior – Universidade Federal de Viçosa (UFV).

Para a tarde de encerramentos o pesquisador e professor, também considerado um dos “pais” do conectivismo, Stephen Downes, enriqueceu a tarde com o tema “Ethics, Analytics and the Duty of Care” – (Ética, análise e o dever de cuidar). Stephen Downes é pesquisador no Centro de Pesquisa em Tecnologias Digitais do Conselho Nacional de Pesquisa do Canadá. Possui especialização em Filosofia, Novas Mídias Instrucionais e Tecnologia de Aprendizado Pessoal.

Na sequência, houve o lançamento do ESUD 2020, que acontecerá em Goiânia (GO) em parceria com a Universidade Federal de Goiás (UFG), Universidade Estadual de Goiás (UEG), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG) e o Instituto Federal Goiano. Após o pronunciamento do ESUD 2020, deu-se início à cerimônia de encerramento do XVI ESUD e V CIESUD.

Posted in ESUD, Notícias.