INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM INSTITUIÇÃO DE ESINO SUPERIOR: UMA ABORDAGEM TEÓRICO-EMPÍRICA

Autores

  • Ione Rodrigues Diniz Morais Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • João Paulo Rodrigues do Nascimento Departamento de Ciências Administrativas Universidade Federal de Pernambuco
  • Maria Carmem Freire Diógenes Rêgo Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Palavras-chave:

institucionalização, ensino superior, educação a distância

Resumo

O artigo analisa a institucionalização da modalidade à distância nos cursos superiores de uma Instituição de Ensino Superior. O processo instiga debates envolvendo fatores complexos e complementares, além da natureza das instituições em tomar decisões colegiadas, apresentando percepções diversificadas em contraposição aos programas governamentais que forjam um modelo que induz à mera adesão. Combinam-se nesse estudo fatores identificados por Ferreira e Mill (2013) que categorizam a institucionalização da Educação a Distância (EaD), bem como resultados de pesquisa desenvolvida por Nascimento (2014), identificando aspectos desafiadores da consolidação da modalidade  na IES pesquisada. O estudo foi realizado mediante pesquisa bibliográfica, documental e história oral baseadas na memória de sujeitos envolvidos. Os resultados indicam que houve avanços na implementação de políticas internas para a inserção da EaD na IES, todavia as macro diretrizes nacionais para a modalidade são tratadas como programas e não como políticas estatais.

Biografia do Autor

João Paulo Rodrigues do Nascimento, Departamento de Ciências Administrativas Universidade Federal de Pernambuco

Mestre em Gestão em Organizações Aprendentes pela Universidade Federal da Paraíba (2014) e graduado em Secretariado Executivo, em nível de bacharelado, pela Universidade Federal do Ceará (2007). Atualmente é Professor Assistente A da Universidade Federal de Pernambuco, vinculado ao departamento de Ciências Administrativas do Centro de Ciências Sociais Aplicadas, atuando na área de Técnicas e Gestão em Secretariado. Exerceu o cargo de secretário executivo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, lotado na Secretaria de Educação a Distância e na Universidade Federal do Ceará, com lotação no campus de Sobral. Possui experiência na área de Gestão, com ênfase em Secretariado Executivo, atuando principalmente nos seguintes temas: secretariado, serviço público, institucionalização e educação a distância.

Referências

ALVES, João Roberto Moreira. A história da EaD no Brasil. LITTO, Frederic M. [Org.]. Educação a Distância: o estado da arte. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2009.

ASSMAN, Hugo. Redes digitais e metamorfose do aprender. Petrópolis: Vozes, 2005.

BELLONI, M. L. Educação a distância. 3. ed. Campinas: Editores Associados, 2003.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Brasília: 1996. Diário Oficial da União 23 dez.1996. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm>. Acesso: 20 out.2013.

______. Decreto n. 5.622, de 19 de dezembro de 2005 que dispõe sobre o artigo 80 da Lei n. 9.394/96. Brasília: 2005. Diário Oficial da União 20 dez.2005. Disponível em:<http://goo.gl/b3sE2A> Acesso: 30 mai.2015.

CAPES. Programa Nacional de Formação de Professores da Educação Básica – PARFOR. 2012. Disponível em:<http://www.CAPES.gov.br/educacao-basica/parfor> Acesso: 29 out. 2013.

______.PARFOR a distância. Disponível em: <http://www.CAPES.gov.br/educacao-a-distancia/parfor-a-distancia>. Brasília: 2012. Acesso: 29 out.2013.

______.O que é a Universidade Aberta do Brasil? Disponível em: <http://goo.gl/Wpxcms.> Brasília: Acesso: 30 out.2013.

______. Programa Nacional de Formação em Administração Pública – PNAP. Disponível em <http://www.capes.gov.br/educacao-a-distancia/pnap>. 2009. Acesso: 31 mai.2014

DANTAS, E.M; RÊGO, M.C.F.D. Educação a Distância na UFRN: recortes sobre caminhos percorridos. TORRES NETO, J.C.; PAIVA, M.C.L. de. [Orgs.]. A prática da Educação a Distância na UFRN. Natal: EDUFRN, 2011.

DIMAGGIO, Paul; POWELL, Walter. The iron cage revisited: institutional isomorphism and collective rationality in organizational fields. American Sociological Review. v. 48, n. 2, p. 147-160, 1983.

EISENHARDT, Kathy. Agency – and Institutional – Theory Explanations: The case of retail sales compensation. Academy of Management Journal. 31 (3), 488-511. 1988. Disponível em: <http://www.jstor.org/stable/256457>. Acesso: 10 dez.2013.

ESMAN, Milton. J. The elements of institution building. In: EATON, J. W. (Ed.). Institution building and development: from concepts to application. London: Sage Publications, 1972. p. 21-339.

ESMAN, Milton. J.; BLAISE, Hans C. Institution building research: the guiding concepts. Pittsburgh: Inter-University Research Program, 1966.

FERREIRA, Marcello; CARNEIRO, T.C.J. A institucionalização da Educação a Distância no ensino superior público brasileiro: análise do sistema Universidade Aberta do Brasil. 2013. Disponível em <https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/114815> Acesso: 25 mai.2015

FERREIRA, Marcello; MILL, Daniel. Institucionalização da educação a distância no ensino superior público brasileiro: desafios e estratégias. FIDALGO, F.S. et al.[Orgs.]. Educação a distância: meios, atores e processos. Belo Horizonte: CAED-UFMG, 2013.

GREENWOOD, Royston. HININGS, C. R. Understang radical organizational change: bringing together the old and the new institucionalism. 1996. Disponível em <http://goo.gl/92Lv4y> Acesso: 17 fev.2014.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Referenciais de qualidade para Educação Superior a Distância. Brasília: 2007. Disponível em: <http://goo.gl/EENIiQ>. Acesso: 28 jan.2014.

MOORE, Michel G., KEARSLEY, Greg. Distance education: a systems view. Belmont (USA): Wadsworth Publishing Company, 1996.

NASCIMENTO, J.P.R. Os desafios da institucionalização do ensino superior na modalidade a distância: a visão dos gestores de uma universidade federal. 2014. 128f. il. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão em Organizações Aprendentes). Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Centro de Educação, Universidade Federal da Paraíba.

PERNAMBUCO, M.M.C.A. A implementação da Educação a Distância nas instituições de ensino superior públicas brasileiras. TORRES NETO, J.C.; PAIVA, M.C.L. de. [Orgs.]. A prática da Educação a Distância na UFRN. Natal: EDUFRN, 2011.

RÊGO, M.C.F.D. Discurso proferido em sessão solene alusiva aos 10 anos de criação da Secretaria de Educação a Distância da UFRN. Natal: 2013.

RICHARDSON, Roberto J. Pesquisa Social, Métodos e Técnicas. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2012.

TOLBERT, Pamela S.; ZUCKER, Lynne G. A institucionalização da teoria institucional. In: CLEGG, S. Handbook de estudos organizacionais. São Paulo: Atlas, 1999, v. 3, p. 196-219.

Publicado

2016-05-23