Pandemia, ensino remoto emergencial e a angústia docente

Autores

DOI:

https://doi.org/10.53628/emrede.v8i2.767

Palavras-chave:

Ensino remoto, Ensino a Distância, Coronavírus, Docência

Resumo

A pandemia de Covid-19 propiciou rearranjos sociais em todo o mundo. No Brasil, esse fato não foi diferente, o que provocou mudanças em diversos paradigmas e estruturas organizacionais. Uma dessas mudanças refere-se à educação e ao modo de como professores e alunos se adequaram ao novo modelo imposto para que as aulas se mantivessem. Diante disso, o presente estudo tem como foco promover uma reflexão crítica sobre as perspectivas educacionais em intersecção no contexto da pandemia no Brasil. Trata-se de um ensaio, no qual busca-se problematizar questões acerca da atuação docente em diálogo com os aspectos sociais e culturais que culminaram destoantes modos de se pensar e ver a educação no país. O trabalho traz reflexões acerca do “ficar em casa” e suas consequências, bem como busca produzir um novo olhar aos modos de se compreender o Ensino Remoto e as práticas educacionais.

Biografia do Autor

Lorena Bernardes Barcelos, Centro Universitário de Goiás (UNIGOIÁS)

Professora Assistente no Centro Universitário de Goiás – UniGOIAS. Doutoranda em Educação (UFG); Mestre em Letras e Linguística (UFG); Especialista em Orientação Educacional (Uninter); Especialista em Metodologia do Ensino na Educação Superior (Uninter); Especialista em Psicopedagogia (ICG); Especialista em Educação Inclusiva na Perspectiva do AEE (ICG); Licenciada em Letras – Português (UFG); Licenciada em Pedagogia (Uninter).

Renato Dering, Centro Universitário de Goiás (UNIGOIÁS) / POSLING-CEFET-MG

Professor Adjunto no Centro Universitário de Goiás – UNIGOIÁS. Pós-doutorando em Estudos de Linguagens pelo Posling – CEFET-MG. Doutor em Letras e Linguística pela Universidade Federal de Goiás (UFG), Mestre em Letras pela Universidade Federal de Viçosa (UFV) e Licenciado em Letras – Língua Portuguesa pela UFG. Coordenador do Projeto de Iniciação Científica (PIC) “Estudos decoloniais da linguagem, educação e do direito: letramentos e práticas interculturais” e Líder-pesquisador do grupo FORPROLL/CNPq/UFVJM. Lattes: http://lattes.cnpq.br/7891833942208165. E-mail: renatodering@gmail.com. Orcid: 0000-0002-0776-3436.

Publicado

2021-12-30

Como Citar

de Brito Marinho, D. M., Bernardes Barcelos, L., Silva, M. I., & de Oliveira Dering, R. (2021). Pandemia, ensino remoto emergencial e a angústia docente. EmRede - Revista De Educação a Distância, 8(2), 1-13. https://doi.org/10.53628/emrede.v8i2.767

Edição

Seção

Dossiê A educação em rede e a inovação responsáveis em tempos de pandemia