Mesa-Redonda: Regulação e Avaliação da Educação Superior a Distância e os Referenciais de Qualidade da EaD – SNU 2018

Aconteceu na manhã de hoje (21/08) a mesa-redonda ‘Regulação e Avaliação da Educação Superior a Distância e os Referenciais de Qualidade da EaD’  com palestras direcionadas às temáticas da educação a distância, no contexto das Instituições Públicas de Educação Superior Brasileiras (IPES).

O presidente da UniRede – Alexandre M. Dos Anjos (UFMT) fez a abertura da mesa juntamente com o representante das instituições da região nordeste, professor Marcus Túlio de Freitas Pinheiro (UNEB). No momento foi mencionado os trabalhos que vem desenvolvendo a associação UniRede em prol do desenvolvimento científico e tecnológico da EaD.

Carlos Eduardo Bielschowsky (CECIERJ) apresentou uma discussão sobre qualidade na educação superior a distância no Brasil, por meio de dados consolidados sobre matrículas em Educação Superior a Distância e resultados do Enade 2015/2016. Nesse sentido, evidenciou que a EaD tem acelerado a criação de novas vagas, o que permite avançar rapidamente na democratização do acesso à educação superior a distância, no entanto, evidenciou a preocupação de que esse avanço seja acompanhado da oferta de cursos de baixa qualidade.

Na sequência, a professora Flávia Amaral Rezende, pesquisadora em Educação a Distância e Avaliadora do BASis (INEP/MEC), proferiu a palestra sobre regulação e avaliação superior a distância e os referenciais de qualidade, considerando em sua fala os pontos fortes do referencial de qualidade para a EaD, como um guia de indução de modelo alternativo ao tradicional, como ainda destacou alguns pontos fracos desse referencial, como a interpretação de “modelo único” por avaliadores e gestores o que causa reflexo dentro do instrumento de avaliação de cursos EaD. Para Flávia Rezende, a aprendizagem precisa ser o foco principal dos referenciais de qualidade, com abrangência em áreas de conhecimento tecnológico e Matético do Conteúdo (ciência da aprendizagem).

Por fim, Nara Pimentel, contribuiu com a palestra Referenciais de Qualidade da área de educação a distância no Brasil, a qual apontou os aspectos subjetivos dos referenciais de qualidade para EaD, como ainda a necessária revisão da legislação atual para os cursos a distância, com o intuito de qualificar processos e práticas dessa modalidade educativa.

O Seminário Nacional Unirede segue com sua programação, no período vespertino, com a oferta de duas oficinas: Introdução aos Recursos Educacionais Abertos (REAs) e Articulação e financiamento de Educação a Distância.

Mesa-Redonda: Regulação e Avaliação da Educação Superior a Distância e os Referenciais de Qualidade da EaD – SNU 2018

Posted in Sem categoria.