Formação em Saúde e Educação a Distância: as escolhas desafiadoras de uma escola socialmente compromissada

Autores

  • Milta Neide Freire Barron Torrez Enfermeira. Doutora em Educação. Coordenação de Desenvolvimento Educacional e Educação a Distância da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (ENSP/Fiocruz).
  • Rafael Arouca Doutor em Saúde Pública. Coordenação de Desenvolvimento Educacional e Educação a Distância da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (ENSP/Fiocruz). http://orcid.org/0000-0002-7602-7520
  • Antônia Ribeiro Mestre em Educação Aberta e a Distância. Coordenação de Desenvolvimento Educacional e Educação a Distância da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (ENSP/Fiocruz).

DOI:

https://doi.org/10.53628/emrede.v4.1.245

Palavras-chave:

Educação, Educação a Distância, Formação em Saúde.

Resumo

Neste artigo, ensaiamos uma discussão acerca dos sentidos que norteiam e justificam as práticas de formação em saúde por meio da modalidade a distância desenvolvidas no âmbito da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca da Fundação Oswaldo Cruz (ENSP/Fiocruz), buscando identificar, nas relações com a sua condição peculiar de uma Escola pública historicamente compromissada com a saúde da população brasileira e com o permanente fortalecimento do Sistema Único de Saúde, os fundamentos éticos e políticos de suas escolhas pedagógicas.

Referências

ABRASCO. Carta de Natal. 3º Congresso Brasileiro de Política Planejamento e Gestão em Saúde. Declaração final. Natal, 04 de maio de 2017.

ALVES, Giovani. Formação humana e reprodução social para além do capital. In: BATISTA, E.L.; NOVAES, H. (organizadores). Trabalho, Educação e Reprodução social: as contradições do capital no século XXI. Bauru: Canal 6, 2011.

ANFOPE. Carta de João Pessoa. XXVIII Simpósio de Política e Administração da Educação Reunião dos Associados da Anfope, João Pessoa, 27 de abril de 2017. Disponível em: http://www.anped.org.br/sites/default/files/images/carta_anfope_joao_pessoa_27abril2017.pdf. Acessado em: 30 de Maio de 2017.

ANTUNES, Caio. A concepção de Educação na obra de István Mészáros. In: BATISTA, E.L.; NOVAES, H. (organizadores). Trabalho, Educação e Reprodução social: as contradições do capital no século XXI. Bauru: Canal 6, 2011.

BAHIA, Ligia. A démarche do privado e público no sistema de atenção à saúde no Brasil em tempos de democracia e ajuste fiscal,1998-2008. In: MATA, G.C; LIMA, J.C.F. (organizadores). Estado, sociedade e formação profissional em saúde: contradições e desafios em 20 anos de SUS. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz/EPSJV, 2008.

BRASIL, MEC. Censo da Educação Superior. 2015. Disponível em: http://inep.gov.br/censo-da-educacao-superior. Acessado em: 29/05/2017.

BRASIL, EBC. Educação superior a distância cresce em ritmo acelerado. 2017. Disponível em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2017-05/educacao-superior-distancia-cresce-em-ritmo-acelerado-mostra-censo-de-2015. Acessado em 28/05/2017.

BRASIL, MEC. Atualizada legislação que regulamenta Educação a Distância no país. 2017. Acessado em Disponível em: http://portal.mec.gov.br/component/content/article?id=49391. Acessado em 26/05/2017. 2017.

CARVALHO, Antônio Ivo de; DUPRET, Lucia Maria. Modelo e diretrizes estratégicas para a Formulação de Cursos a Distância: a experiência da Escola de Governo/ENSP/Fiocruz. Anais do VI Congresso Internacional de Educação a Distância. VIII Congreso de Educación a Distancia (CREAD MERCOSUR/SUL), Córdoba, 7 a 10 de setembro de 2004.

ENSP. Projeto Político Pedagógico. Rio de Janeiro: ENSP/Fiocruz, 2014.

ENSP. Regimento Interno. Rio de Janeiro: ENSP/Fiocruz, 2015.

ENSP. Orientações para elaboração de Trabalho de Conclusão de Curso. Rio de Janeiro, 2016.

ENSP. Relatório de gestão da Vice-Direção de Ensino 2013-2017. Rio de Janeiro: ENSP/Fiocruz, 2017.

ENSP. Portal EAD. Sobre EAD. O que fazemos. 2017a. Disponível em: http://www.ead.fiocruz.br/sobre-ead. Acessado em 30/05/2017.

FIOCRUZ. VI Congresso Interno: a Fiocruz como instituição pública estratégica de Estado para a saúde. Relatório Final. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2010. Disponível em: http://congressointerno.fiocruz.br/sites/congressointerno.fiocruz.br/files/documentos/relatorio_final_ultima_versao.pdf. Acessado em 31/05/2017.

MILL, Daniel. Docência virtual: uma visão crítica. Campinas: Papirus, 2012.

MOORE, M.G. Editorial: Distance education theory. The American Journal of Distance Education, v.5, n.3, p.1-6, 1991.

STRUCHINER, Miriam; CARVALHO, Rodrigo A. de. Reflexões sobre os conceitos e fundamentos de pesquisa em educação a distância. In: REALI, A. M. de; MILL, D. (organizadores). Educação a Distância e Tecnologias Digitais: reflexões sobre sujeitos, saberes, contextos e processos. São Carlos: EdUFSCar, 2014.

Publicado

2017-10-14

Como Citar

Torrez, M. N. F. B., Arouca, R., & Ribeiro, A. (2017). Formação em Saúde e Educação a Distância: as escolhas desafiadoras de uma escola socialmente compromissada. EmRede - Revista De Educação a Distância, 4(1), 27-37. https://doi.org/10.53628/emrede.v4.1.245